Livro marca os 40 anos da ACAERT

Capa Acaert 40 anos em baixa

Obra resgata principais fatos do período e como foram contados por profissionais do rádio e TV do estado Santa Catarina

A celebração das quatro décadas de atuação da Associação Catarinense das Emissoras de Rádio e TV no estado foi marcada pelo lançamento do livro ‘Acaert 40 anos – A memória de quem viveu a história’, de autoria do jornalista Carlos Stegemann (Carbo Editora). A publicação é uma grande linha do tempo, com 59 histórias e depoimentos de 70 profissionais de emissoras de rádio e TV envolvidos diretamente nas respectivas coberturas. “A proposta foi valorizar a atuação de quem registra a história no exercício diário da profissão”, explica Silvano Silva, presidente da entidade.

O trabalho revisita 59 fatos do período, como a queda do avião da Transbrasil em Florianópolis, em 1981, as cheias do Vale do Itajaí em 1983 e 2008, a criação da Oktoberfest (1984) e do Festival de Dança de Joinville (1983), além da conquista da Copa do Brasil pelo Criciúma, em 1991, e do torneio Roland Garros por Guga Kuerten, em 1997 – com o relato personalizado de repórteres, locutores e apresentadores de TV e rádio, em 69 entrevistas e 25 imagens. “Quando relembraram essas experiências, após alguns anos do ocorrido, os profissionais tiveram percepções muito especiais, que demonstram a carga emocional que enfrentaram à época da cobertura”, revela Carlos Stegemann.

O resgate histórico também reforça o mérito da mídia regional diante de grandes acontecimentos. “Momentos de superlativa importância teriam uma cobertura precária caso Santa Catarina não tivesse uma presença tão capilar (e de tamanha qualidade) de emissoras de rádio e TVs”, acrescenta Stegemann. O livro inclui o rol de conquistas e contribuições da ACAERT para o setor em seus 40 anos de atividades, em texto de autoria do jornalista Marco Aurélio Gomes. 

O livro está disponível para download free no site da Acaert www.acaert.com.br