A web é cada vez mais o meu jornal

A web é cada vez mais o meu jornal

Tenho lida cada vez mais notícias pela web, em sites de notícias e – muito – através de blogs. Alguns aqui mesmo de Santa Catarina, como o Blog do César Valente, o Blog do Carlos Damião, e o blog Comentários, Blogs e Notícias. Creio que mais gente está migrando para a web, dedicando cada vez menos tempo aos jornais em papel. Na web, estes – e eu – encontramos uma diversidade infinita de informações, escolhidas pessoalmente, e que atendem ao interesse de cada um dos leitores. É de lá (ou, melhor dizendo, é daqui) que trago estas:

Acompanhe seu deputado pela web

Quer saber o que os deputados federais catarinenses andam fazendo? Agora ficou mais fácil. A Câmara dos Deputados lançou esta semana o boletim eletrônico “Acompanhe seu Deputado”, através do qual é possível receber informações sobre a atuação de um ou mais parlamentares. No boletim eletrônico, o cidadão pode receber quinzenalmente informações como discursos e outros pronunciamentos; como os deputados se posicionaram nas votações do Plenário e das comissões; projetos de lei e outras propostas que tenham sugerido; e relatórios que apresentaram sobre outras proposições. Também é possível acompanhar as notícias sobre o deputado divulgadas na TV, Rádio e Agência Câmara.

Para se cadastrar e receber o material, é necessário acessar o Portal da Câmara , clicar em “Deputados” ou em “Transparência”. Para ir direto à página do cadastramento, clique aqui. Depois, selecione os deputados que quer acompanhar e preencha com seus dados pessoais (nome, e-mail, etc.).

Veículo de comunicação oficial

Está na pauta da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) desta quarta-feira, análise de projeto de lei que autoriza a União, os estados e os municípios a utilizar a Internet como veículo de comunicação oficial. A proposta é do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), e conta com o parecer favorável da relatora, senadora Serys Slhessarenko (PT-MT).

Demóstenes diz que o projeto, se transformado em lei, vai proporcionar maior transparência aos atos das três esferas de governo, “ao mesmo tempo em que vai atingir a população prontamente, com maior abrangência”. Após receber parecer da CCJ, o projeto segue para a Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT), onde será votado em decisão terminativa.

Quem não está gostando nem um pouco da idéia são os jornais, que faturam uma bela grana com a publicação de editais, avisos de licitação e outros quetais.

Liberdade de Imprensa: estamos mal

Vale lembrar que as informações tem origem na assessoria de imprensa dos deputados, portanto, não espere receber matérias e/ou críticas ao deputado através deste canal. Pelo menos vamos poder saber o que os sujeitos andam fazendo (ou não fazendo) em Brasília.

A organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) divulgou o índice anual de liberdade de imprensa. Os dados levam em consideração números de setembro de 2007 a setembro de 2008. Segundo a RSF, a Islândia é o país com maior liberdade de imprensa, seguido por Luxemburgo e Noruega. Os Estados Unidos estão na 36ª colocação. E o Brasil?

Nosso país ocupa um vergonhoso 82º lugar, apesar de ter subido duas posições da pesquisa anterior para esta. Estamos atrás de Jamaica, Namíbia, Suriname, Trinidad e Tobago, Gana, e outros países para os quais dedicamos nenhuma atenção e pouquíssima consideração.

Gonzalo Pereira é jornalista

Fonte: Acontecendo Aqui

×

Olá!

Envie sua mensagem pelo WhatsApp

× Informações