4 Passos para superar a crise nos Negócios

Independentemente do quão bem gerida é a sua empresa, ou se você é um empreendedor individual ou um grande industrial, o fato é que um momento como este que estamos vivendo e que provocou uma paralisia econômica mundial, vai deixar profundas cicatrizes no mundo corporativo.

Falando especialmente com os pequenos empreendedores, que têm na maioria das vezes uma gestão financeira e de recursos inadequada, eles encontram muita dificuldade em lidar de forma assertiva com as ramificações de uma crise.

Mesmo as empresas com excelentes reputações não estão imunes a essa realidade e sofrem danos exorbitantes do ponto de vista financeiro, estratégico e de operações.

Abaixo seguem passos valiosos para ajudar qualquer empresário que possa estar se sentindo na escuridão:

1.AVALIE A SITUAÇÃO OBJETIVAMENTE
Não permita que suas emoções tome conta de suas decisões, lembre-se que em tempos de perigo entramos em um estado de defesa e temos a tendência de reduzir nosso campo de visão e assim termos uma percepção limitada de oportunidades. Analise objetivamente a situação, permitindo determinar a causa raiz e chegar a uma solução mais sólida para reagir.

2.HONESTIDADE
Não piore a sua reputação e a da sua empresa, escondendo a real situação dos colaboradores, fornecedores e demais stakeholders. Mantenha um canal de comunicação aberto e eficiente. Se esconder nunca foi, nem nunca será a melhor opção. Uma vez identificado o problema, procure antecipar as negociações e lembre-se de que o que deve imperar é o bom senso.

3.MONTE UM PLANO DE GERENCIAMENTO DE CRISE
Depois de traçadas as estratégias para sanar os desafios da porta para fora da empresa, é hora de colocar o foco e os esforços para dentro. Reuna seus líderes e forme pequenos comitês, analisando todas as alternativas, uma a uma, desenvolvendo ações em todas as frentes do seu negócio, e lembre-se de seguir vibrando com as pequenas conquistas. Seu time precisa ir recuperando a confiança, e você também.

4.ADAPTE, IMPROVISE E SE SUPERE
Defina novas metas e critérios para medir seu progresso. O acompanhamento tem que ser diário e, se os resultados desejados não foram alcançados no tempo determinado, é hora de fazer ajustes na estratégia. A flexibilidade é a chave para lidar com essa situação de maneira mais abrangente. Para atingir resultados expressivos nesta retomada, você deve estar preparado para se adaptar e improvisar quando as coisas não estiverem saindo como o planejado.

Essas quatros estratégias são simples, porém eficazes para conduzir sua empresa em meio a qualquer crise que volte a cruzar o seu caminho. E, caso precise de ajuda, conte comigo!

Jean Oliskovicz – Diretor de CS ADVB/SC e Presidente do Instituto OLISCORP