Curta e Siga

Fone 48 3224 5258

Efetue sua Busca


Artigos

Interação entre marketing, vendas e TI

Por Octavio Lebarbenchon Neto - Presidente Executivo ADVB/SC 

Esta semana estive palestrando para um grupo de executivos de diversas empresas catarinenses, na cidade de Joinville. O tema foi a interação entre as áreas de tecnologia e de marketing e vendas. Discutimos a sinergia entre elas e que aspectos as distanciam.
Em um mundo cada vez mais conectado, que exige rapidez nas decisões, habilidade para superar desvios críticos e os problemas que se apresentam, precisamos de um novo comportamento empresarial. Não pode mais haver diferenças entre as diversas áreas de uma companhia, como tradicionalmente ocorria. O ‘eu entendo de marketing’, ‘eu de tecnologia’ e ‘eu de vendas’, serve apenas para identificar expertises e responsabilidades. Não interessa termos atuações isoladas com metas próprias e sem interação com a estratégia da organização.

O novo e moderno modelo de gestão exige colaboração e não competição. A colaboração torna os resultados mais consistentes e reduz os desgastes internos, além de ganharmos debates produtivos e assertivos. Mas isto exige também um novo profissional, de vendas, tecnologia, marketing ou de qualquer outra área. Não dá mais para ter um diretor financeiro que só pensa em números e não entende de clientes e seus desejos.
Embora os perfis sejam diferentes, algo em comum passa ser obrigatório: a capacidade de negociação e o perfil de vendedor. Todos, em especial os executivos, somos vendedores da nossa companhia. Independente do ambiente de negócios, hoje, é importante saber vender ideias, projetos e, claro, produtos e serviços.

Por isso, quando conluia a minha palestra, renovei o conceito inicial. Somos todos negociadores da nossa empresa. Portanto, chegou a hora de desenvolvermos esta habilidade, que é mais inata alguns e que pode ser melhor desenvolvida em quem não a tem por natureza.